AIPIM
macau view tower.jpg

Eventos

Eventos

Workshop com jornalista Victor Mallet

O jornalista e escritor Victor Mallet, editor para a Ásia do Financial Times, partilhou com um grupo de mais de 30 jornalistas e cidadãos a sua rica experiência como jornalista na região, num workshop que teve lugar na Fundação Rui Cunha este sábado dia 10 de Março.
O evento foi organizado pela Rota das Letras – Festival Literário de Macau com o apoio da Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (AIPIM).
A AIPIM agradece desde logo a Victor Mallet pela partilha e pela sessão deveras interessante  e à organização do Festival Literário de Macau pela iniciativa e pelo convite em nos assocarmos ao evento. Uma palavra especial ao director do programa do Festival Hélder Beja.
A AIPIM associa-se a mais dois eventos do festival:
- Painel sobre a História de Macau no Século XIX com João Guedes e Agnes Lam, 14 de Março, 19:00 no Antigo Tribunal.
- Sessão sobre Vozes femininas nos media e literatura com Jodie Schneider, Isabel Lucas e Jenny Lao Phillips, 24 de Março, 18:00, Antigo Tribunal.

luis almoster
Palestra e Workshop sobre ética e deontologia com Joaquim Fidalgo

O Professor Joaquim Fidalgo juntou-se a nós nos dias 8 e 9 de Dezembro para partilhar a sua visão esclarecida sobre ética e deontologia do jornalismo numa iniciativa da Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (AIPIM).
Na sexta-feira dia 8 de Dezembro, perante uma audiência de cerca de 40 pessoas no Clube Militar de Macau, Fidalgo, jornalista de longa carreira e Professor de Jornalismo na Universidade do Minho, falou sobre as “Disputas nas Fronteiras do Jornalismo”. Foi um sessão – a quinta deste ano da série AIPIM À CONVERSA - de enorme interesse (cuja apresentação segue em anexo), acompanhada por um período de perguntas e respostas esclarecido.
No sábado, dia 9 de Dezembro, a Fundação Rui Cunha acolheu um Workshop – da nova série FORMAÇÃO AIPIM –  em que Joaquim Fidalgo falou sobre os “Novos Desafios Éticos para uma Nova Paisagem Mediática”, em que participaram 20 jornalistas. Foi um momento de valiosa interacção e partilha que abre caminho para um debate alargado que desejamos continuar sobre valores-chave da nossa profissão, que se reveste de especial importância após a adopção do nosso primeiro Código Deontológico este ano.
A AIPIM agradece a todos os que se juntaram aos eventos e também aos que, não podendo por motivos pessoais ou profissionais, manifestam interesse pelos assuntos que foram abordados.  E um enorme Obrigado, claro, ao Joaquim Fidalgo que nos brindou com horas de sabedoria, simpatia empatia e bonomia.

Aipim Macau
Apresentação de Relatório sobre Liberdade de Imprensa e Acesso às Fontes

A Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (AIPIM) apresentou esta quarta-feira, dia 27 de Setembro, na Casa Garden (Fundação Oriente) o relatório “Retrato da liberdade de imprensa e do acesso às fontes de informação no exercício da actividade de jornalista em Macau”. Trata-se de uma avaliação, da autoria de uma Comissão Independente constituída por Frederico Rato, José Manuel Simões e Rui Flores, dos inquéritos preenchidos entre Julho de 2016 e Novembro de 2016 a mais de quadro dezenas de jornalistas que trabalham em órgãos de comunicação social de Macau em língua portuguesa e inglesa.
Com base no conteúdo do relatório, que segue em anexo, a Direcção da AIPIM salienta as crescentes dificuldades e obstáculos no acesso às fontes de informação. Tal situação - que se verifica no acesso às fontes nos poderes judicial e executivo com maior gravidade, mas também com impacto significativo no legislativo, administração pública e concessionárias de serviço público - motiva uma grande preocupação da nossa parte, uma vez que o exercício da liberdade de imprensa sem um bom acesso às fontes de informação é incompleto e insuficiente. Consideramos que o direito à informação dos cidadãos e a transparência por parte das instituições são princípios e práticas essenciais para concretizar o exercício da liberdade de imprensa e consubstanciar o nosso papel social como jornalistas.
Este inquérito foi o início de um processo e não o fim. Um processo de auscultação dos sócios e jornalistas sobre o exercício da nossa profissão, liberdade de imprensa e acesso às fontes. Julgamos ser importante dar os próximos passos de modo a melhor aferir os constrangimentos enfrentados pelos jornalistas interna e externamente. Este relatório é um instrumento chave para o nosso diálogo com as fontes institucionais e não só, de modo a lançar um sinal de alerta sobre as limitações que enfrentamos. Nesse sentido planeamos apresentar este documento às instituições atinentes – Gabinete de Comunicação Social, Gabinete do Porta Voz do Governo entre outras – com o objectivo de melhorarmos o acesso às fontes e, consequentemente, criarmos condições para um exercício mais robusto e consequente da liberdade de imprensa. O relatório em questão irá também permitir à sociedade local e organismos externos obterem um melhor conhecimento dos problemas e desafios que enfrentamos.

luis almoster
AIPIM celebra 12º aniversário com palestra com João Guedes sobre História da Imprensa em Macau

A Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (AIPIM) celebrou o seu 12º aniversário no sábado, dia 8 de Julho, no Clube Militar de Macau, com uma edição especial da nossa série AIPIM à Conversa em que contámos com um convidado muito especial: o jornalista e investigador João Guedes, um dos nossos sócios fundadores que proferiu uma palestra em que partilhou connosco “Um Olhar sobre a História da Imprensa Portuguesa em Macau”. Foi um momento que se revestiu de um grande significado a que se juntaram mais de sete dezenas de pessoas de várias comunidades de Macau, que celebraram o contributo inestimável do nosso camarada João Guedes para o jornalismo e a sociedade de Macau, associando-se a este evento comemorativo do 12º aniversário da AIPIM. A festa continuou com um jantar em que mais de três dezenas de sócios assinalaram calorosamente a efeméride.
A Direcção da AIPIM agradece ao João Guedes por tudo: pela generosidade, sabedoria, pela excelência como jornalista e como homem. Obrigado também a todos os  a todos os que tiveram a oportunidade de participar nos eventos e aos que, não tendo podido marcar presença no sábado, têm contribuído para este projecto que assinala agora seu primeiro ciclo de 12 anos.

luis almoster
Palestra com João Guedes - 12º aniversário da AIPIM

Ao celebrar o seu 12º aniversário, a Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (AIPIM) tem a honra em ter como convidado especial João Guedes, um dos seus ilustres sócios fundadores e distinto jornalista e investigador com uma notável carreira de serviço público. A Palestra, subordinada ao tema “Um Olhar sobre a História da Imprensa Portuguesa em Macau”, terá lugar no dia 8 de Julho, sábado, na Sala Dr. Stanley Ho, no Clube Militar de Macau às 17:30, sendo seguida de Porto de Honra.

luis almoster
Palestra com Joaquim Furtado

O prestigiado jornalista português Joaquim Furtado estará em Macau para uma participar num seminário a ter lugar no dia 13 de Junho, terça-feira, às 18:30 no Auditório Stanley Ho do Consulado Geral de Portugal em Macau e Hong Kong. Trata-se de uma iniciativa do Instituto Português do Oriente (IPOR) e do Consulado Geral de Portugal em Macau e Hong Kong, no âmbito da programação de "Junho-Mês de Portugal", à qual a Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (AIPIM) tem a honra e o prazer de se associar como entidade parceira. A sessão será moderada pelo Vice-Presidente da AIPIM, Gilberto Lopes.

luis almoster
Director do Jornal de Notícias fala na primeira pessoa sobre novos e velhos desafios

A terceira  palestra da série "AIPIM à Conversa" teve lugar na passada quarta-feira, dia 24 de Maio, no Clube Militar de Macau. Tivemos a honra de ter como convidado Afonso Camões, director do Jornal de Notícias e ex director do Gabinete de Comunicação Social em Macau. Foi um momento especial de encontro e reencontro.
A Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (AIPIM) agradece desde logo ao nosso ilustre convidado, a todos os que se juntaram à iniciativa, ao Clube Militar de Macau, entidade parceira que acolheu o evento e ao Semanário Plataforma, que esteve na origem desta iniciativa e que prestou um inestimável apoio.
Aqueles que não puderam assistir à palestra de sexta-feira, podem visionar o vídeo da palestra através da nossa página de Facebook. A AIPIM transmitiu a sessão em directo. O vídeo pode ser encontrado aqui:
https://www.facebook.com/517771914949271/videos/1432462420146878/

As fotos tiradas pelo nosso sócio e membro da Direcção Gonçalo Lobo Pinheiro estão disponíveis aqui:
https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=1432686716791115&id=517771914949271

luis almoster
AIPIM À CONVERSA com Afonso Camões, director do Jornal de Notícias

A Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (AIPIM) tem a honra de ter como convidado Afonso Camões, director do Jornal de Notícias, que se vai juntar a nós para uma palestra a ter lugar no dia 24 de Maio, quarta-feira, às 18:30, na Sala Stanley Ho do Clube Militar. Esta iniciativa – mais uma da série AIPIM À Conversa - conta com o apoio do Clube Militar de Macau e do Semanário Plataforma.
Afonso Camões é director do Jornal de Notícias desde 2014. Jornalista profissional desde 1979, trabalhou em várias publicações, entre as quais O Primeiro de Janeiro, O Jornal, Expresso, tendo sido também membro da equipa fundadora do Semanário”. Residente em Macau, entre 1991 e 1999, foi Diretor do Gabinete de Comunicação Social. Após regressar a Portugal desempenhou funções de Administrador Executivo da Controlinveste Media, SGPS, com a responsabilidade editorial de todos os meios do grupo (2005-2009). Fez ainda parte do Conselho de Administração da Agência Lusa (2006-2014), tendo sido Vogal não executivo (2006-2009) e Presidente do Conselho de Administração e Administrador Delegado (2009-2014).

luis almoster
Sonny fala sobre futuro do princípio “Um País Dois Sistemas”

Realizou-se ontem, quinta-feira, dia 16 de Março, a primeira sessão da série "AIPIM à Conversa", na Fundação Rui Cunha, tendo como orador convidado Sonny Lo, presidente da Associação de Ciência Política de Hong Kong, levada a cabo pela Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (APIM), em conjunto com a Fundação Rui C unha. Gostaríamos de agradecer, desde logo ao Professor Sonny Lo, a todos os que se juntaram à sessão, e, claro, à Fundação Rui Cunha pelo precioso apoio Para as várias pessoas que não puderam estar presentes por diversos afazeres profissionais ou pessoais,  a versão integral da sessão em video está disponível na página de Facebook da Fundação Rui Cunha: https://www.facebook.com/pg/Fundação-Rui-Cunha-官樂怡基金會-394860337239409/videos/
Contamos que esta seja a primeira de várias iniciativas deste género com o intuito de darmos o nosso contributo para o reforço do debate na esfera púbica de temas que nos dizem respeito a todos como trabalhadores em órgãos de comunicação social e como cidadãos da RAEM.

luis almoster
AIPIM à Conversa com Eric Wishart sobre notícias falsas

A segunda palestra da série "AIPIM à Conversa" teve lugar na passada sexta-feira, dia 12 de Maio, no Clube Militar de Macau. O nosso convidado, Eric Wishart, presidente do Clube de Correspondentes Estrangeiros, Hong Kong,(FCC, HK) partilhou connosco uma palestra de grande qualidade e inspiradora sobre "News Judgment, Fact-Checking and the Challenges of Fake News", seguida de uma animada e participada sessão de perguntas e respostas. 
A Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (AIPIM) gostaria de agradecer, primeiramente, ao nosso convidado, a todos os que participaram na sessão, e, claro, ao Clube Militar de Macau, entidade que se associou ao evento e que prestou um inestimável apoio. 
Aqueles que não puderam assistir à palestra de sexta-feira, podem visionar o vídeo da palestra através da nossa página de Facebook. A AIPIM transmitiu a sessão em directo pela primeira vez na nossa página. O vídeo pode ser encontrado aqui:
https://www.facebook.com/517771914949271/videos/1421832084543245/
https://www.facebook.com/517771914949271/videos/1421849797874807/

As fotos do nosso sócio e membro da Direcção Gonçalo Lobo Pinheiro estão disponíveis aqui: https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=1422654134461040&id=517771914949271

luis almoster
Palestra com Moisés Silva Fernandes sobre Relações Luso-Chinesas

A convite da Associação de Imprensa em Língua Portuguesa e Inglesa de Macau (AIPIM), o académico Moisés Silva Fernandes vai proferiu uma palestra, seguida de debate, sobre “A normalização das relações luso-chinesas e a questão da reunificação de Macau à China, 1974-1979”, no dia 27 de Maio, às 21h, no Clube Militar de Macau.
Moisés Silva Fernandes é presidente do Instituto Confúcio da Universidade de Lisboa. Nas últimas duas décadas, escreveu vários artigos e livros sobre as relações entre Portugal e a China e a questão de Macau. Moisés Silva Fernandes é também investigador sénior do Instituto de Ciências Socais e professor de relações internacionais e ciência política na Universidade de Lisboa. 

luis almoster
AIPIM à Conversa com Eric Wishart, Presidente do Foreign Correspondents' Club, Hong Kong

A Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (AIPIM) tem a honra de ter como convidado Eric Wishart, Presidente doClube dos Correspondentes Estrangeiros em Hong Kong (Foreign Correspondents’ Club, Hong Kong - FCCHK), que se vai juntar a nós para proferir uma palestra subordinada ao tema “News Judgment, Fact-Checking and Fake News”. O evento – da série AIPIM à Conversa – tem lugar no dia 12 de Maio, sexta-feira, às 18:30, no Salão Stanley Ho do Clube Militar. Esta iniciativa conta com o apoio do Clube Militar de Macau.
Eric Wishart faz parte da equipa responsável por global news mangement da Agência France-Presse (AFP) e é  presidente do Clube dos Correspondentes Estrangeiros em Hong Kong. Iniciou a sua carreira nos anos 1970 como repórter na imprensa escocesa, tendo-se juntado à AFP em Paris em 1984. Desde então, Eric Wishart tem sido chefe do serviço noticioso do Médio Oriente (Nicósia 1992-1996), editor para a zona Ásia-Pacífico (Hong Kong, 1996-1999), director editorial global (Paris, 1999-2005) e director para a zona Ásia-Pacífico (2005-2012). Eric Wishart redigiu a nova versão do código de ética da AFP e tem estado particularmente activo no campo da formação de jornalistas, sendo também professor convidado na Universidade Baptista de Hong Kong.
 

luis almoster
Projecção de "Pedra leva, água vai", de Sofia Leite

O Festival Literário de Macau – Rota das Letras, em parceria com a Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (AIPIM), projecta amanhã, dia 21 de Março, pelas 21h30, no Clube Militar, o documentário "Pedra leva, água vai", de Sofia Leite.

SOBRE O FILME:
Desde cedo os primeiros colonos constataram que o sul da ilha era mais fértil, mas a água estava do lado norte e no interior montanhoso, ambos de acesso difícil. 
Era preciso levar a água onde esta fazia falta. Os ilhéus conceberam então um engenhoso sistema de irrigação, que veio a mudar a paisagem da ilha, e tornou-se num património cultural. Construíram as primeiras levadas, que transportavam água das nascentes mais acima nos montes até às suas terras. A primeira legislação a regulamentar a utilização das levadas e os direitos de água data da segunda metade do século XV.
A acessibilidade e a extensão destes cursos de água tornaram-nos num monumento notável e único. Uma prova viva do engenho, da coragem e determinação de quem concebeu e dos muitos que ergueram estes aquedutos talhados na rocha. Hoje, estes caminhos de irrigação contam com uns impressionantes 2100 quilómetros. Uma obra começada há quase seis séculos.
No primeiro quartel do século XX, existiam 200 levadas que percorriam cerca de 1000km. Muitas pertenciam a particulares e a apropriação indisciplinada de água fazia com que este bem valioso fosse frequentemente distribuído de forma injusta. Em meados da década de 1930, apenas dois terços da terra arável da ilha eram cultivados - e desses, apenas metade eram irrigados. Só o Estado possuía os meios económicos necessários para implementar um programa de construção em larga escala e a autoridade para impor um sistema mais equitativo de distribuição.
Em 1939, o governo envia uma missão à ilha para estudar um plano hidroelétrico e de irrigação. Em 1943 é criada a Comissão Administrativa dos Aproveitamentos Hidráulicos da Madeira que lança um ambicioso plano de construção de levadas.
Os canais criados a partir deste plano são captadas a uma altitude que pode ultrapassar os 1000m, onde é maior a concentração de precipitação e de nascentes. A água é levada primeiro para centrais elétricas situadas imediatamente acima da terra arável e depois segue o seu caminho descendo para as zonas irrigadas. Aqui, a distribuição é feita pelo levadeiro, o responsável pela manutenção das levadas.
O empreendimento demorou 20 anos a completar. A ambiciosa obra lançada em 1947 termina vinte anos depois. A rede de levadas cresceu de 1000 para 1400 km. Frequentemente, os trabalhadores eram suspensos do alto em cestos de vime, enquanto atacavam a pedra resistente com as suas picaretas. Muitos perderam a vida para levar água e eletricidade à ilha. Como terão sido escavados os túneis em basalto sólido? Como escavaram os trabalhadores as levadas por baixo de cascatas geladas, a meio caminho entre a terra e o céu? Quem eram estes homens que imaginaram e conceberam estes caminhos de água? Quem eram os que os romperam?
Este documentário pretende responder a estas perguntas e contar a épica história da construção das levadas, dos homens que as inventaram e daqueles que as construíram.

luis almoster
AIPIM À CONVERSA com Sonny Lo

A Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (AIPIM) organiza conjuntamente com a Fundação Rui Cunha a palestra “Hong Kong, Macau and the future of the One Country Two Systems principle", com o professor universitário e cientista político Sonny Lo, presidente da Associação de Ciência Política de Hong Kong.
A sessão tem lugar no dia 16 de Março, quinta-feira, às 18:30, na Fundação Rui Cunha. Em baixo segue informação adicional sobre a sessão e o palestrante.

About the session:
With the Hong Kong Chief Executive Election just around the corner, Professor Sonny Lo delves into the challenges ahead of Hong Kong in the years to come.
Meanwhile the debate over regional integration was reignited following Premier Li Keqiang’s pledge to push for the concept of the Guangdong-Hong Kong-Macau Greater Bay Area city cluster, in his opening speech at the National People's Congress annual session.

About the speaker:
Sonny Lo is a veteran political observer who has been following the politics of Hong Kong and Macau since the mid-1980s.
He is the President of the Hong Kong Political Science Association and a political scientist specializing in the study of cross-border crime, policing and the politics of Greater China.
Professor Lo is currently deputy director of HKU SPACE – the University of Hong Kong’s School of Professional and Continuing Education. He previously taught at the Education University of Hong Kong, University of Waterloo (Canada), University of Hong Kong, Hong Kong University of Science and Technology, Murdoch University (Australia), Lingnan College (Hong Kong), and University of East Asia (Macau). Professor Lo formerly delivered lectures for the training courses of some civil servants in Hong Kong and Macau and is the author of eleven single-authored books.

Aipim Macau